Celebração de Beltane


Vamos a mais um círculo xamãnico, desta vez para celebrar o Beltane!

No primeiro de Maio celebra-se o festival pagão de Beltane.
No Beltane celebra-se a a união, o casamento, entre a Mãe-Terra fértil e o Poder pujante do Sol.
Em Portugal persiste uma tradição antiga, chamada "Maias", onde se canta, celebra e enfeita as ruas com flores amarelas. São também assim chamadas as típicas flores que se vêm nos montes, dadas pelas giestas.

Estas festividades marcam a força viçosa da primavera no seu esplendor, estimulada pelo calor do Sol, libertando odores, despertando sentidos, convidando à celebração da vida que cresce forte, em todo o mundo natural.

No nosso círculo vamos estreitar a ligação com a natureza que nos chama, com os seus perfumes e odores, vamos celebrar os dias que ganham força e tamanho. 
Vamos olhar para dentro de nós e resgatar essa natureza que pulsa e estreitar a relação com os nossos espíritos guia e animais de poder, através de oferendas de flores, celebrando o nosso corpo permeado pelo Espírito, cheio de potencia, cheio de força de vida! AHO!

Todos são bem-vindos, não sendo necessária experiência anterior em Xamanismo!


Sobre o Círculo Xamãnico a Essência:


O Círculo Xamãnico a Essência realiza-se quinzenalmente. Vai no sentido de criar um grupo contínuo de trabalho e partilha, sem obrigar a uma presença sequencial.
Podes juntar-te a este espaço de cura sempre que e quando quiseres. 

A meio de uma semana de trabalho, entremos em contacto com a nossa Essência, com os nossos guias interiores e, através do som de instrumentos de cura, libertemos tensões a que somos sujeitos no dia-a-dia.

É um espaço de cura para quem quer mergulhar a fundo e resgatar a sua Essência, para quem quer fazer a reconexão com a sua matriz selvagem.


O trabalho a desenvolver no "Círculo Xamãnico A Essência" acontece de forma orgânica e adequada à necessidade do momento. Prevê-se aprofundar a viagem xamãnica, trabalhar a relação com animal de poder etc. Vamos fazer uma travessia a vários mundos, no sentido de resgatar entendimento de pedaços profundos de nós mesmos, procurando reaprender a primordial ligação à Natureza.

Esse conhecimento de nós mesmos pode trazer-nos poder pessoal, poder de expressão, poder de entendimento e auto-conhecimento e bem-estar a todos os níveis.

Em círculo vamos dar expressão à nossa Essência, expressando a nossa voz interior, expressando o nosso corpo, ampliando a visão de nós mesmos e do que nos rodeia, resgatando energia e poder pessoal.

Se achas que esta informação pode ser útil a alguém, por favor partilha! Bem Haja!


Para inscrição e mais informação: locais.sagrados@gmail.com

Enviar um comentário